domingo, 17 de junho de 2012

Megadeth - Unplugged Buenos Aires 2010

Achado! Dez minutos de puro Megadeth: um mix de músicas -> Trust, Use The Man, Symphony of Destruction, She Wolf / Peace Sells, Holly Wars (intro)

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Let's Rock - A Exposição (Oca - Parque do Ibirapuera - 2012)

Exposição Lets'Rock - uma ode* ao Rock 'n' Roll ---> Obrigado por tudo!


@letsrockexpo

pode ser compreendida como uma homenagem, também pode ser subentendida como uma declamação, pode se dirigir a uma pessoa que se ama ou a alguém pelo qual se tem uma grande consideração ou respeito.

Um pouco do que vi lá:
































quarta-feira, 16 de maio de 2012

Del Piero - A Despedida do Único Capitão

Lembro-me quando vi realmente Roberto Baggio pela primeira vez, foi na Copa de 1994, fazendo o gol de empate no último minuto contra a Nigéria, levando o jogo para a prorrogação, gostei na hora do jeito da comemoração pensei: "Qual será o time dele? Preciso torcer para o time desse cara". Com um pouco de pesquisa cheguei a Juventus e lá te descobri.


Juventus, Capitano

Minhas manhãs de domingo sempre eram recheadas de expectativas com a transmissão do Calcio na Tv Bandeirantes, a principio para ver o R. Baggio, mas aos poucos fui te descobrindo e logo me tornando fã.

Como todo bom começo, foi repleto de vitórias, chegando ao ápice bem cedo, logo em 1996 na Champions League contra o Ajax (lembro bem de ter gravado esse jogo em VHS, não sei o porquê, para assisti-lo sempre que possível). 

E como esse começo foi bom! Claro, não foi só repleto de vitórias, teve até mais derrotas inclusive, mas chegamos a três finais seguidas da Champions e como nos divertíamos com os golaços de faltas, como esse:

E o dia que você se mostrou diferente e um exemplar capitão foi na final da Champions 1997, perdemos, mas você deixou a sua marca, e que marca!



Em 1998 desbancamos o time do tal "Fenômeno", tão famoso em terra tupiniquins. Não podemos esquecer do nosso comparsa Zinedine Zidane:



Porém, é muito fácil ficar ao lado de alguém só nas vitórias e na Copa de 98 não fomos tão bem assim, veio a contusão grave em 99 e ficamos de "molho" por um tempo. Mas pode acreditar, nunca deixei de acreditar em ti e que voltaríamos a viver aqueles anos gloriosos novamente.

Na Eurocopa de 2000 a Itália chegou a final e perdemos no último minuto para o país do nosso comparsa Zizou, quem diria?! O negócio era seguir em frente e ver que teríamos muitos campeonatos de seleções adiante.

Em 2002 e 2003 fomos campeões do Calcio, porém não tenho muitas lembranças dessa época. Lembro-me bem da final da Champions de 2003 (perdemos, mas na decisão de pênalti, você foi um dos poucos que converteu) e do teu gol na Copa de 2002 contra o México empatando a partida e classificando a Itália para a próxima fase (confesso que comemorei muito esse golo, rs, como você tem predestinação em fazer gols importantes no final do jogo!).




E eu que fiquei mal acostumado com os títulos nacionais italianos ganhados no campo de 2005 e 2006 (posteriormente caçados nos tribunais), deixei-o um pouco de lado, não assistindo tão assiduamente a teus jogo, escusas capitano

Espere um pouco, 2006 não o deixei tão de lado porque veio finalmente a nossa redenção! O gol na prorrogação contra a Alemanha e depois o pênalti convertido na decisão contra a França do nosso comparsa, vingamos a Euro de 2000? Não, apenas merecemos ganhar dessa vez.


Quem diria que depois de tantas provas de seu caráter, eu presenciaria a maior delas: jogou a série B de 2007 pela Juventus! Depois de sermos rebaixados pelo tribunal, muitos foram embora, mas você como um legítimo Capitano permaneceu e comandou o time de volta a Série A corrigindo as asneiras feitas pelos dirigentes.



E, cara, como passou o tempo, mas ainda tínhamos nossos últimos cartuchos para queimar. Como sempre você leal a Juve e eu a você. Os anos que se sucederam não foram assim tão vitoriosos, você conseguiu voltar a ser artilheiro do Calcio em 2008!



O que me lembro bem nesses últimos anos na Juve é de você sendo ovacionado no Santiago Bernabeu, onde o público, independente do time, reconhece quem é craque:



Parece que estamos chegando ao final, coisa que sempre relutei em pensar e apenas esperava vê-lo na outra temporada, coisa que não poderei fazer depois desse último campeonato perfeito que ganhamos em  2012. Perfeito sim! Invictos! Você fazendo gol na última partida do campeonato e no nosso novo estádio "Juventus Arena".

Ainda temos mas uma final para jogar contra o Napoli pela Copa da Itália, mas pouco importa agora. O nosso final já foi perfeito como um filme de Hollywood!

Por sua causa vejo o futebol como arte, como dedicação, em que se deve comemorar um gol como se fosse o último com os companheiros de equipe, sem dancinhas ou cabelos "da moda".

Por sua causa prezo um futebol bem jogado, com a bola sempre no chão, com habilidade.

Por sua causa prego respeito ao adversário, sem querer humilhá-los mesmo com a vitória certa.

Por sua causa, morre um pouco do menino que existe dentro de mim, da inocência de acompanhar uma partida e torcer para seu ídolo.

Por sua causa tenho momentos inesquecíveis em várias fases da minha vida.

E por sua causa, hoje, eu sou um ser humano melhor!

Grazie Capitano por passar toda sua carreira na Juventus e me fazer tão feliz!



segunda-feira, 7 de maio de 2012

La Renga - Virada Cultural (São Paulo Brasil 2012)

Uma homenagem ao grandíssimo show feito pela banda argenta La Renga na Virada Cultural 2012, no palco São João, em São Paulo.

Por 1 hora estive dentro da hinchada argentina, que foi outro show a parte, bailando, cantando, e sobretudo, divertindo-se ao som de um rock and roll muito contagiante, feito com muita vergonha na cara. 

Nos encontraremos novamente en otra tarde de bufanda, La Renga!

Melhores Momentos do Show da Virada Cultural
créditos ao canal danavaz do YouTube



Fotos de dentro do público











sábado, 5 de maio de 2012

Anthrax - Ingresso 2012


Wardance!


Anthrax

São Paulo - 27/04/2012

Joey Belladonna - Vocal
Scott Ian - Guitarra
Charlie Benante - Bateria
Frank Bello - Baixo
Rob Caggiano - Guitarra

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Slayer - Ingresso 2011


Aos 4:52 do vídeo o som do Via Funchal para e o público termina a música no gogó!


Slayer

São Paulo - 09/06/2011

Tom Araya - Vocal e Baixo
Kerry King - Guitarra
Dave Lombardo - Bateria
Gary Holt (da banda Exodus) - Guitarra
obs: Jeff Hanneman não tocou em SP devido a um problema no braço.


quinta-feira, 3 de maio de 2012

Megadeth - Ingresso 2010





Megadeth 

São Paulo - 24/04/2010

Dave Mustaine - Vocal e Guitarra
Dave Ellefson - Baixo
Shawn Drover - Bateria
Chris Broderick - Guitarra 

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Heavy Metal in Baghdad - Acrassicauda

Com o título de "A Primeira Banda de Heavy Metal do Iraque", o documentário sobre a banda Acrassicauda é mais do que obrigatório para qualquer fã de rock, independente do sub-gênero. Listemos algumas dificuldades:

1. O lugar de ensaio da banda foi bombardeado.

2. Os raríssimos shows têm horário para terminar: antes das 21h porque depois desse horário  vigora o toque de recolher / estado de sítio, além dos show sofrerem com falta de energia.

3. Não se pode usar uma camiseta de banda ou deixar o cabelo crescer ou muito menos falar inglês em público pois se é visto como inimigo para a maioria da população local.

4. Os integrantes da banda ficam até seis meses sem se ver porque é extremamente perigoso sair de casa. 
Documentário dirigido por Suroosh Alvi e Eddy Moretti, de 2007, 84 min.

Simples tocar Heavy Metal, não? Aí vem o Edu Falaschi, vocalista do Angra/Almah, reclamar da "dificuldades" da cena metal brasileira, não ouviu a declaração? Clique aqui

O documentário transmite de dentro do Iraque, no período de 2003 a 2006, as dificuldades de se viver naquele local antes e, principalmente, após a queda de Saddam Hussein.

Mostra também que mesmo saindo do Iraque e se "mudando" para Síria, como a situação dos integrantes da banda acaba, por incrível que pareça, piorando.

A situação atual do Acrassicauda esta melhor, conseguiram o status de "refugiados" nos E.U.A. e passaram a viver por lá desde 2009, inclusive gravando um EP denominado "Only the Dead See the End of the War" com a produção de Alex Skolnick do Testament.

Convenhamos, se existe uma banda com com algo real pra contar em suas músicas, essa é o Acrassicauda

Clip ---> música "Garden of Stones"
(já de cabelo comprido! rs)



Trailer ---> Documentário



MySpace ---> Acrassicauda: http://www.myspace.com/wwwacrassicaudas5com

Integrantes Acrassicauda (detalhe: camiseta do Sepultura)

Integrantes ---> Acrassicauda

Faisal Talal - Vocal (desde 2003)
Tony Aziz - Guitarra Solo (desde 2001)
Firas Al-Lateef - Baixo (desde 2001)
Marwan Riyadh - Bateria (desde 2001)
Muhammed "James" Al Ansari - Guitarra Rítmicas (desde 2011) 


quarta-feira, 18 de abril de 2012

terça-feira, 17 de abril de 2012

Calle 13 - Latinoamérica (Viña del Mar 2011)

soy Maradona contra Inglaterra anotándote dos goles...
soy América Latina, un pueblo sin piernas, pero que camina.




sábado, 14 de abril de 2012

Anneke van Giersbergen - Feel Alive

Sendo "Pop" ou não, conheço teu passado Anneke!

Fell Alive




Liberty Bell - Live from Chile (The Gathering)

sexta-feira, 13 de abril de 2012

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Accept - Teutonic Terror (Live São Paulo 2011)

Grande trabalho feito pelo Brasil Metal Force (site que edita grandes shows de metal feitos no Brasil)!

obs: neste 1º show realizado pelo Accept no Brasil, o guitarrista Herman Frank não pode vir devido a um acidente em um show no Texas, o line-up foi com os fundadores Wolf Hoffmann na Guitarra e Peter Baltes no baixo + o tremendão Mark Tornillo nos vocais e Stefan Schwarzmann na bateria. 



Quer ver o acidente do guitarrista do Accept que o impediu de vir ao Brasil? Aqui está (1'20'' do vídeo):

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...